A importância do EAD para escolas: como o ensino a distância pode ajudar a sua instituição de ensino
Terça, 17 de Setembro de 2019
10 min de leitura

A importância do EAD para escolas: como o ensino a distância pode ajudar a sua instituição de ensino

Se você trabalha em instituições de ensino ou até mesmo atua como professor particular, muito provavelmente já ouviu falar sobre a importância do EAD. Tendência que vem se consolidando cada dia mais em solo nacional, o ensino a distância (EAD) tem ajudado a democratizar o ensino e a elevar o nível de aprendizado em todo o país.

Compartilhe:

Se você trabalha em instituições de ensino ou até mesmo atua como professor particular, muito provavelmente já ouviu falar sobre a importância do EAD. Tendência que vem se consolidando cada dia mais em solo nacional, o ensino a distância (EAD) tem ajudado a democratizar o ensino e a elevar o nível de aprendizado em todo o país.

Apesar de ter tido um boom inicial focado em instituições de ensino superior, da graduação à pós graduação, hoje o EAD tem se tornado uma realidade palpável, também, para escolas. Essa iniciativa tem ajudado a diversificar os métodos do ensino médio e trazer melhores resultados para o aprendizado.

Mas porque o EAD cresceu tanto e como colocá-lo em prática na sua instituição? Este artigo vai te ajudar a entender tudo isso melhor!

 

O que é e qual a importância do EAD

O primeiro passo antes de planejar como implementar o ensino a distância na sua escola, é preciso que você entenda e importância do EAD. Com essa compreensão vai se tornar muito mais fácil definir quais as melhores formas de se aliar a esse modelo de ensino.

Basicamente, o EAD é uma estratégia que visa oferecer um processo de aprendizagem mediado por recursos tecnológicos e, assim, extinguindo barreiras impostas por distâncias geográficas ou pela dificuldade de deslocamento por parte dos alunos. Em outras palavras, a grande importância do EAD se encontra na sua possibilidade de democratização do ensino, facilitando para que mesmo pessoas sem disponibilidade de mudar para estudar, possam ter acesso a educação.

Apesar de por certo tempo essa modalidade ter sido questionada frente a sua qualidade e eficácia, principalmente quando comparada à aula presencial, hoje já se entende o EAD como um ensino de mesma assertividade que o de uma sala de aula. Isso acontece principalmente pelas possibilidades inovadoras que a tecnologia apresenta, tornando o ambiente virtual super diversificado e completo, pronto para um aprofundamento do aprendizado e até mesmo para o contato entre aluno e professor.

 

O EAD e as escolas

Assim como comentamos no início desse texto, o EAD tem abrangido cada vez mais espaços de ensino e chegado, aos poucos, às escolas. Com as possibilidades da educação à distância aliada à dinâmica já conhecida da sala de aula, alunos no ensino médio têm tido a oportunidade de um aprendizado mais multifacetado, completo e atrativo.

Hoje, o cenário é de que o EAD é validado para o ensino médio pelas novas Diretrizes Curriculares Nacionais (DCNs). Essa validação define que a carga horária da oferta de aulas online pode chegar a 30% para alunos do turno noturno, 20% para alunos do turno diurno e 80% para os estudantes da Educação de Jovens e Adultos (EJA). Já pensando no ensino fundamental, o EAD ainda não é regulamentado, mas pode se tornar uma realidade próxima, uma vez que esta foi uma pauta de ênfase durante a campanha do atual presidente da República, Jair Bolsonaro.

De qualquer forma, a ideia que tem começado a ser introduzida nas escolas não é a de uma passagem completa das aulas para o ambiente virtual, mas sim uma hibridização do ensino. Ou seja: para além das aulas presenciais, as algumas escolas têm tentado aumentar as oportunidades oferecidas com intermédio da internet, que podem ser feitos a distância e ajudam a contextualizar a realidade estudada na aula.

A importância do EAD nas escolas se vale pelo exercício de expandir os recursos utilizados para o aprendizado, estudo, prática e absorção dos conteúdos, criando planos de aula mais atrativos e engajadores. Algumas ideias para a implementação do EAD na sua instituição podem ser:

  • Atividades online, como listas de exercícios, trabalhos e até mesmo a aplicação de simulados ou provas;
  • Vídeoaulas para o reforço de conteúdo dado em sala;
  • Videoaulas sobre assuntos que ultrapassam a grade de matérias obrigatórias e, portanto, não conseguem ser encaixadas no espaço disponível no calendário de aulas presenciais, mas que os professores acreditam ser interessante para a expansão do aprendizado dos alunos;
  • Vídeoaulas de correção de exercícios passados pelos professores, que otimizariam o tempo disponível na sala de aula;
  • Postagem de conteúdo extra como vídeos, links, powerpoints, músicas etc.

A importância do EAD no cenário da educação nacional tem crescido a cada dia e as previsões são de um futuro cada vez mais híbrido entre a sala de aula e o ambiente online. Por isso, é importante que você fique atento às validações e condições de implementação do ensino a distância nas escolas, visando sempre otimizar as oportunidades de aprendizado para seus alunos!

E o melhor de tudo é que o Tutor pode te ajudar nessa missão! É só clicar aqui para conhecer nossas soluções e falar com um de nossos especialistas!

Liderança criativa: o que é e por que apostar nesse modelo de gestão

Liderança criativa: o que é e por que apostar nesse modelo de gestão

Os líderes influenciam diretamente seus colaboradores, por isso, investir em uma liderança criativa e altamente capacitada para gerir equipes e incentivar a inovação dentro das organizações é primordial para o sucesso destas. 

Saiba o que é a liderança criativa e por que é importante investir nela. 

Quais são as habilidades profissionais mais esperadas de um profissional hoje?

Quais são as habilidades profissionais mais esperadas de um profissional hoje?

O mercado de trabalho está sempre se renovando e exigindo cada vez mais competências e habilidades profissionais aprimoradas. 

Nesse sentido, compreender o que o mercado espera de um profissional, e, mais especificamente, o que as empresas esperam de seus colaboradores é fundamental para se destacar e obter vantagem competitiva.

Continue a ler este artigo e descubra quais são as habilidades profissionais mais valorizadas pelo mercado hoje!

Desenvolvimento pessoal e profissional: dicas de como potencializar seu crescimento dentro e fora do mercado de trabalho

Desenvolvimento pessoal e profissional: dicas de como potencializar seu crescimento dentro e fora do mercado de trabalho

Para se desenvolver profissionalmente, é preciso, também, considerar o desenvolvimento pessoal. Os dois setores se interligam diretamente e construir estratégias para equilibrá-los é fundamental para ser bem-sucedido em ambos.

Confira o que é o desenvolvimento pessoal e profissional e confira algumas dicas para potencializá-los.

PDI: o que é e como ele pode ajudar a alavancar sua carreira

PDI: o que é e como ele pode ajudar a alavancar sua carreira

Se você está pensando em fazer uma transição de carreira ou mesmo buscando uma progressão dentro do seu emprego atual, o PDI pode ser uma ferramenta essencial para você. 

É importante construir metas e seguir um caminho definido para chegar até onde se deseja de forma eficiente e rápida. Nesse sentido, o PDI, por meio de um planejamento simples, pode te guiar para alcançar seus objetivos.

Continue lendo o artigo e saiba o que é o PDI, por que ele é importante e algumas dicas de como montar um que faça sentido para você. Acompanhe!

Sempre online: como as redes sociais podem ser aliadas do ensino

Sempre online: como as redes sociais podem ser aliadas do ensino

Vivemos em uma era extremamente digital e conectada. Mas isso não é nenhuma novidade, né? Os tempos mudaram, o modo como as pessoas lidam com tecnologia evoluiu e os métodos de convivência, ensino, consumo - e muitos outros - também se adaptou. Provavelmente, o que pode ser uma novidade para você é que as redes sociais podem ter um papel de aliada a setores mais tradicionais - como é o caso da educação -, ao invés de serem consideradas adversárias do ensino.