Aulas ao vivo: como transmitir seu conteúdo sem custos?

Quinta, 5 de Setembro de 2019  .  Leitura: 12 min

Estamos definitivamente inseridos na era dos vídeos. Com evoluções não apenas tecnológicas mas também de estratégias de comunicação, mais do que apenas publicar conteúdo em formato de vídeo, agora uma grande tendência é criar conteúdo em formato live stream, como aulas ao vivo. 

Usar o recurso da transmissão em tempo real tem sido incorporado nos mais diversos propósitos e trazido um retorno significativo para quem aposta nele e talvez você só não tenha se arriscado pela ideia ainda por não saber por onde começar, certo? Se este é o caso, continue lendo esse artigo para saber como transmitir aulas ao vivo sem custos! 

 

Antes de qualquer coisa: trace o planejamento de suas aulas ao vivo

Assim como qualquer outra ação de comunicação da sua empresa ou de seu projeto, começar a utilizar aulas ao vivo não pode ser feito sem um planejamento prévio ou um objetivo certo. Sem um preparo minucioso, podem ocorrer problemas durante a sua live, capazes de fazer com que um grande número de pessoas deixe a transmissão ou não volte a te assistir em outras oportunidades. Além disso, sem uma meta traçada, posteriormente você não consegue medir se sua ação foi positiva e se os resultados dela foram relevantes para o seu planejamento a longo prazo. 

 

Defina sua ideia e quais as melhores formas de executá-la

A primeira etapa do seu processo de transmitir aulas é delimitar os temas que vai tratar e como eles vão ser colocados em práticas. 

Por exemplo, supondo que você é um professor que fará uma sessão especial de aulas ao vivo sobre química orgânica, resolvendo situações problemas juntos com seus alunos. Seu objetivo é se destacar dentre os professores de química online e, por isso, decidiu criar alguns dias de live próximos ao ENEM. Pensando no esquema dessa aula, seria interessante que você tivesse um quadro à sua disposição e talvez algum modo de projetar as questões que irá resolver. Portanto, talvez gravar em uma sala de aula que já tenha as duas ferramentas disponíveis seja o mais interessante. 

Idealizar a sua ideia, pensar seus objetivos com ela e definir o local de gravação ou materiais necessários são passos importantes na hora de criar aulas ao vivo. 

 

Crie um roteiro 

Um dos fatores óbvios de aulas ao vivo é que não existe a chance de regravar o conteúdo que está sendo disponibilizado ali. Isso quer dizer que, sem saber exatamente por quais pontos você deve passar ou ter pelo menos uma noção do encadeamento de ideias, você pode terminar seus vídeos sem ter falado tudo o que queria ou precisava. 

Por isso, crie um sistema de tópicos e desenhe o que você quer passar no seu vídeo. Além disso, treinar algumas vezes antes de ligar a câmera pode ajudar bastante na fluidez da aula! 

 

Tenha os equipamentos certos ao seu alcance 

Ninguém gosta de assistir a um vídeo mal feito, com imagem granulada ou escura e áudio ruim, por exemplo. Pensando nisso, é importante que você se equipe com uma boa câmera, um bom microfone e materiais de iluminação

É claro que você também pode preferir usar a câmera do seu celular ou computador. Se esta for a sua preferência, é interessante que você faça um teste antes da gravação para descobrir como a imagem se revela e como você pode fazer para melhorá-la, caso necessário. 

 

Garanta uma placa de captura e conexão à internet

Se você deseja criar conteúdos para aulas ao vivo e decide por usar uma câmera que não a do computador, outro ponto de atenção é a placa de captura, pois é ela a responsável pela transferência da imagem e do som para o computador. 

Atente-se também à qualidade da internet. Um streaming pode demandar uma plano de internet maior do que o que você tem em ordem de funcionar sem problemas na transmissão da imagem ou do som. 

Prezando pela experiência do aluno e prevenindo seu vídeo de travar, esses dois fatores, juntos, serão os maiores responsáveis pela qualidade do seu streaming!

 

Escolha a sua plataforma de transmissão de aulas ao vivo

Hoje, é possível criar aulas ao vivo sem ter custos, usando algumas plataformas ou sites com os quais, muito provavelmente, você já está familiarizado. 

Algumas as ferramentas mais comuns para transmissão em tempo real, por exemplo, são o Facebook, o Youtube e o Instagram Stories. Mas existem também outras plataformas, fora das redes sociais, que também são gratuitas e recomendadas, como o Livestream  ou o Twich.tv. Definir qual delas é o melhor canal para suas aulas ao vivo passa por alguns fatores, mas principalmente por dois pontos: 1) o estudo do perfil de quem vai te assistir e 2) as necessidades demandadas pelas suas aulas ao vivo (barra de comentários, opções de compartilhamento de arquivos, etc).

Também é possível criar suas aulas online em ambientes mais complexos e robustos, compostos por ferramentas que se adequam às suas necessidades como professor ou palestrante e elevam ainda mais a experiência de quem te assiste. Se você quiser conhecer mais sobre as possibilidades para o seu negócio, é só clicar aqui para conversar com um de nossos especialistas!

Palavras-chave: Aulas ao vivo