Como criar aulas mais atrativas: 5 dicas para engajar alunos
Terça, 28 de Abril de 2020
3 minutos de leitura

Como criar aulas mais atrativas: 5 dicas para engajar alunos

Se você atua como professor, seja presencialmente ou com o intermédio de um ambiente online, com certeza já se pegou perguntando: como posso criar aulas mais atrativas?!

 

Compartilhe:

Como criar aulas mais atrativas: 5 dicas para engajar alunos

 

Se você atua como professor, seja presencialmente ou com o intermédio de um ambiente online, com certeza já se pegou perguntando: como posso criar aulas mais atrativas?!

Sabemos que nem sempre os alunos estão dispostos a se entregar ao aprendizado durante a aula, talvez por estarem em um dia ruim, talvez por cansaço ou talvez simplesmente por se tratar de uma matéria ou módulo específico que não o interesse tanto. Mas saber que é impossível agradar a todos não pode se tornar uma desculpa para criar um plano de aulas homogêneo - muito pelo contrário!

Entender que alunos diferentes demandam por estratégias de ensino diferente deve ser visto como incentivo para diversificar seu modo de ensino, de maneira a buscar criar aulas mais atrativas. E a melhor notícia é que sair do comum e testar novas abordagens não é tão difícil na prática quanto uma rotina de aulas já estabelecida parece fazer!

Vamos passar por 5 dicas que vão te ajudar a criar um ambiente mais engajador e interessante não apenas para seus alunos, mas também para você, como professor! Vamos lá?

 

Porque e como sair da sua zona de conforto

Imagine-se de volta ao lugar de estudante. Com certeza teve alguns (ou vários!) momentos em que você desejou que alguma aula estivesse se encaminhando de maneira diferente, não é mesmo?

Por isso, o primeiro passo antes mesmo de começar a (re)criar seu plano de aulas é se colocar sentado na cadeira de estudante: se fosse você tendo contato com aquele conteúdo pela primeira vez, como gostaria de recebê-lo? Quais seriam as formas mais simples de entender e absorver aquele tópico? Qual tipo de exercício mais te ajudaria a treinar seus conhecimentos? Essas são apenas algumas das perguntas que você pode se fazer para entender qual as melhores formas de criar aulas mais atrativas.

Saindo da sua zona de conforto e diversificando suas maneiras de lecionar, você consegue produzir um ambiente interessante para você, para os alunos que já são naturalmente mais estimulados por aquele conteúdo e até mesmo para os que se sentem menos curiosos a respeito daquela matéria!

Como criar aulas mais atrativas em 5 passos básicos

1. Aposte na simplificação

Lembre-se: mesmo os detalhes mais bobos para você, que já domina aquele conteúdo, podem soar complicados para alguém tendo contato com ele pela primeira vez. Por isso, aposte pela simplificação na hora da explicação!

Ao invés de se ater apenas aos termos técnicos, tente destrinchá-los o máximo o possível, tornando-os compreensíveis a todos os alunos. Isso vai ajudar a deixar suas aulas mais atrativas e os alunos mais engajados, uma vez que o entendimento será atingido mais rápido e, portanto, a matéria será absorvida mais facilmente.

2. Aproxime-se da realidade dos alunos

Uma outra dica que complementa a anterior é trazer sua aula para a realidade dos alunos! Principalmente na hora de explicar um conceito mais abstrato ou complexo, seria interessante criar exemplos com algo familiar aos alunos e que esteja presente em seu cotidiano.

Use e abuse dos hábitos modernos como redes sociais, aparelhos eletrônicos e até mesmo memes para fazer comparações inusitadas. A ideia aqui é tornar o conteúdo mais palpável e, por isso, mais fácil de ser recordado pelos alunos.

3. Não tenha medo da tecnologia

 

Se tem uma coisa que você pode usar ao seu favor para tornar suas aulas mais atrativas é a internet! Se você tem acesso a um computador e um projetor durante sua aula, aproveite para criar um ambiente recheado de conteúdos.

Apresente blogs, vídeos, artigos, imagens, reportagens e músicas durante a aula. Tornar seu tempo com aqueles alunos algo dinâmico é um ponto-chave para criar engajamento!

Outro ideia é criar atividades em que os alunos podem utilizar seus celulares ou outros aparelhos eletrônicos de alguma forma, dentro da sala de aula e para benefício do aprendizado.

4. Faça recomendações

Isso nos leva ao próximo tópico: pense também fora da sala de aula e faça recomendações aos alunos!

Se você sabe de alguma série, filme, livro ou exposição relacionados ao assunto que está lecionando, porque não indicar este material para os alunos? Mesmo que nem todos procurem pela recomendação, você consegue criar uma oportunidade de aprendizado diferente e, talvez, inusitada.

Essas indicações podem ser trazidas de volta à sala de aula em outras oportunidades (tanto por você quanto pelos próprios alunos) e, juntando o conteúdo mais sério a uma forma de lazer acessível fora do ambiente de ensino, você consegue criar aulas mais atrativas!

5. Altere a organização da sala vez ou outra

Uma outra dica é alterar a organização da sala de aula de forma a beneficiar o tipo de conteúdo passado.

Isso pode acontecer por meio de debates entre grupos de alunos, aula em roda, apresentações de teatro, exercícios em duplas ou grupos ou até mesmo fora da sala, indo para o pátio da escola ou fazendo excursões. A ideia aqui é tornar a dinâmica mais diversificada e, portanto, criar mais engajamento por parte dos alunos, que deixam seu lugar de receptores passivos e passam a exercitar mais seu conhecimento durante seu tempo juntos ali!

Estude o perfil da suas turmas, pense em diferentes abordagens e teste alternativas de ensino fora da sua zona de conforto. Criar aulas mais atrativas pode parecer desafiador, mas, dando o primeiro passo você já vai perceber a diferença que uma dinâmica de ensino pode fazer para o aprendizado dos alunos!

Liderança criativa: o que é e por que apostar nesse modelo de gestão

Liderança criativa: o que é e por que apostar nesse modelo de gestão

Os líderes influenciam diretamente seus colaboradores, por isso, investir em uma liderança criativa e altamente capacitada para gerir equipes e incentivar a inovação dentro das organizações é primordial para o sucesso destas. 

Saiba o que é a liderança criativa e por que é importante investir nela. 

Quais são as habilidades profissionais mais esperadas de um profissional hoje?

Quais são as habilidades profissionais mais esperadas de um profissional hoje?

O mercado de trabalho está sempre se renovando e exigindo cada vez mais competências e habilidades profissionais aprimoradas. 

Nesse sentido, compreender o que o mercado espera de um profissional, e, mais especificamente, o que as empresas esperam de seus colaboradores é fundamental para se destacar e obter vantagem competitiva.

Continue a ler este artigo e descubra quais são as habilidades profissionais mais valorizadas pelo mercado hoje!

Desenvolvimento pessoal e profissional: dicas de como potencializar seu crescimento dentro e fora do mercado de trabalho

Desenvolvimento pessoal e profissional: dicas de como potencializar seu crescimento dentro e fora do mercado de trabalho

Para se desenvolver profissionalmente, é preciso, também, considerar o desenvolvimento pessoal. Os dois setores se interligam diretamente e construir estratégias para equilibrá-los é fundamental para ser bem-sucedido em ambos.

Confira o que é o desenvolvimento pessoal e profissional e confira algumas dicas para potencializá-los.

PDI: o que é e como ele pode ajudar a alavancar sua carreira

PDI: o que é e como ele pode ajudar a alavancar sua carreira

Se você está pensando em fazer uma transição de carreira ou mesmo buscando uma progressão dentro do seu emprego atual, o PDI pode ser uma ferramenta essencial para você. 

É importante construir metas e seguir um caminho definido para chegar até onde se deseja de forma eficiente e rápida. Nesse sentido, o PDI, por meio de um planejamento simples, pode te guiar para alcançar seus objetivos.

Continue lendo o artigo e saiba o que é o PDI, por que ele é importante e algumas dicas de como montar um que faça sentido para você. Acompanhe!

Sempre online: como as redes sociais podem ser aliadas do ensino

Sempre online: como as redes sociais podem ser aliadas do ensino

Vivemos em uma era extremamente digital e conectada. Mas isso não é nenhuma novidade, né? Os tempos mudaram, o modo como as pessoas lidam com tecnologia evoluiu e os métodos de convivência, ensino, consumo - e muitos outros - também se adaptou. Provavelmente, o que pode ser uma novidade para você é que as redes sociais podem ter um papel de aliada a setores mais tradicionais - como é o caso da educação -, ao invés de serem consideradas adversárias do ensino.