Entenda como funciona o EAD e como implementar na sua escola!

Quarta, 30 de Outubro de 2019  .  Leitura: 18min

Se você trabalha em instituições de ensino (sejam elas públicas ou privadas) ou até mesmo atua como professor particular, muito provavelmente já ouviu falar sobre a importância do EAD. Tendência que vem se consolidando cada dia mais em solo nacional, o ensino a distância (EAD) tem ajudado a democratizar e a elevar o nível de aprendizado em todo o país.

Apesar do boom inicial focado em instituições de ensino superior, de graduação à pós graduação/especialização, hoje o EAD tem se tornado uma realidade palpável, também, para escolas. Essa iniciativa tem ajudado a diversificar os métodos de ensino do Ensino Médio, oferecendo uma modalidade de consumo de conteúdo ainda pouco explorada e que, consequentemente, traz melhores resultados para o aprendizado do aluno, uma vez que há mais flexibilidade para realização das atividades.

Mas porque o EAD cresceu tanto e como colocá-lo em prática na sua instituição? Nossa ideia com esse artigo é mostrar a você como essa metodologia ganhou tanto espaço nos últimos anos e como você pode utilizar isso a seu favor, aplicando-a na sua instituição.

O que é e qual a importância do EAD

A educação básica é um direito de todos, afirma a Constituição Federal de 1988. Porém, até 2017, 53,4% dos brasileiros com mais de 25 anos não tinham concluído o Ensino Médio (Pnad Contínua, Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística – IBGE).

O EAD é uma modalidade de ensino que tem a tecnologia como grande aliada e como pré-requisito para que a mesma aconteça de maneira eficiente.

Em um sistema de ensino EAD, alunos e professores interagem entre si através de um ambiente virtual de aprendizagem (AVA), não sendo necessário um ambiente físico para ocorrer o processo de aprendizagem.

Por causa de suas características (flexibilidade, praticidade, facilidade de acesso entre outras), juntamente com as características da própria internet (comunicação ao alcance de todos), o ensino a distância no Brasil está em expansão. Por isso é importante que você entenda o que é EAD, seus aspectos e suas vantagens para que possa traçar uma estratégia para implementar essa metodologia na sua instituição.

 

Ensino Médio pela modalidade EAD: é possível? Funciona?

Há instituições que oferecem o Ensino Médio simultaneamente com o ensino profissionalizante. Porém, existem regras, inseridas na Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional (LDB), fixadas pelos Conselhos de Educação, para que as escolas possam oferecer o Ensino Médio à distância. O aluno deve verificar se a escola onde pretende fazer o Ensino Médio EAD é reconhecida pelo Conselho Estadual de Educação, que verifica estrutura curricular, material didático, qualidade dos professores e instalações físicas.

Tecnicamente, todos os alunos com idade acima de 14 anos podem fazer o Ensino Médio à distância. Mas cada instituição é quem define essa idade mínima para que o aluno possa realizar a sua matrícula.

Muito se pergunta sobre o tempo de conclusão do aluno que optar por essa modalidade. Naturalmente, quando se cursa o Ensino Médio regular, o aluno precisa de 3 anos para concluir os seus estudos. Na modalidade EAD, o tempo de conclusão varia de acordo com o ritmo de estudo do aluno e a sua disponibilidade de tempo.

Para quem se questionar sobre a qualidade do ensino, eis aqui a resposta: o Ensino Médio a distância tem a mesma qualidade de um Ensino Médio presencial, porque os professores que ministram disciplinas em EAD são extremamente focados em preparar um material didático rico , completo e que ajude o aluno a absorver o conteúdo com maior facilidade.

Sabe o dado que trouxemos logo no começo desse texto sobre o levantamento do IBGE acerca da conclusão dos estudos básicos pela população? Graças a modalidade EAD, essa realidade tem mudado e cada vez mais pessoas têm tido acesso a uma formação educacional de qualidade. Com a conclusão do Ensino Médio, o aluno obtém mais oportunidades no mercado de trabalho e pode dar início a cursos superiores em faculdades e universidades.

Apesar de ter sido questionado por muito tempo por sua qualidade e eficácia, principalmente quando comparada à aula presencial, hoje já se entende que o EAD é como um ensino de mesma assertividade que o de uma sala de aula. Isso acontece principalmente pelas possibilidades inovadoras que a tecnologia apresenta, tornando o ambiente virtual super diversificado e completo, pronto para um aprofundamento do aprendizado e até mesmo para o contato entre aluno e professor.

Você é diretor/coordenador de uma escola? Fica ligado nisso:

Assim como comentamos no início desse texto, o EAD tem abrangido cada vez mais espaços de ensino e tem chegado, aos poucos, às escolas. Com as possibilidades da educação à distância aliada à dinâmica já conhecida da sala de aula, alunos no ensino médio têm tido a oportunidade de um aprendizado mais multifacetado, completo e atrativo.

Hoje, o cenário é de que o EAD é validado para o ensino médio pelas novas Diretrizes Curriculares Nacionais (DCNs). Essa validação define que a carga horária da oferta de aulas online pode chegar a 30% para alunos do turno noturno, 20% para alunos do turno diurno e 80% para os estudantes da Educação de Jovens e Adultos (EJA). Já pensando no ensino fundamental, o EAD ainda não é regulamentado, mas pode se tornar uma realidade próxima, uma vez que esta foi uma pauta de ênfase durante a campanha do atual presidente da República.

De qualquer forma, a ideia que tem começado a ser introduzida nas escolas não é a de uma passagem completa das aulas para o ambiente virtual, mas sim uma hibridização do ensino. Ou seja: para além das aulas presenciais, as algumas escolas têm tentado aumentar as oportunidades oferecidas com intermédio da internet, que podem ser feitos a distância e ajudam a contextualizar a realidade estudada na aula.

A importância do EAD nas escolas se vale pelo exercício de expandir os recursos utilizados para o aprendizado, estudo, prática e absorção dos conteúdos, criando planos de aula mais atrativos e engajadores. Algumas ideias para a implementação do EAD na sua instituição podem ser:

  • Atividades online, como listas de exercícios, trabalhos e até mesmo a aplicação de simulados ou provas;
  • Vídeoaulas para o reforço de conteúdo dado em sala;
  • Videoaulas sobre assuntos que ultrapassam a grade de matérias obrigatórias e, portanto, não conseguem ser encaixadas no espaço disponível no calendário de aulas presenciais, mas que os professores acreditam ser interessante para a expansão do aprendizado dos alunos;
  • Vídeoaulas de correção de exercícios passados pelos professores, que otimizariam o tempo disponível na sala de aula;
  • Postagem de conteúdo extra como vídeos, links, powerpoints, músicas etc.

A importância do EAD no cenário da educação nacional tem crescido a cada dia e as previsões são de um futuro cada vez mais híbrido entre a sala de aula e o ambiente online. Por isso, é importante que você fique atento às validações e condições de implementação do ensino a distância nas escolas, visando sempre otimizar as oportunidades de aprendizado para seus alunos!

E o melhor de tudo é que o Tutor pode te ajudar nessa missão! Somos a única plataforma do mercado preparado para atender instituições físicas, mesclando aulas presenciais e aulas online! Clique aqui para conhecer mais sobre o Tutor e clique aqui para falar com um de nossos especialistas para verificar como implementar essa metodologia na sua instituição!

Palavras-chave: importância do EAD, Ensino Médio, Escola, Colégio